Rechercher

A Vida


A Vida


Tal como a morte não existe sem vida

Como a luz não existe sem escuridão,

nós humanos vivemos no meio da multidão mas sempre sozinhos...

Mas sem medo

Chora se quiseres, repele as sombras de dentro de ti,

Grita bem alto, tão alto que as gaivotas no mar voam para longe como loucas e as folhas das árvores sintam o Outono e caiam no chão.

E sem medo,

Respira fundo como o primeiro, aquele mesmo quando te arrancaram do ventre da tua mãe.

E sorri, brilha como o nascer do sol, aquela luminosidade enviada pelos céus.

Sem medo,

Nasce e renasce as vezes que forem necessárias, pois depois da noite vem o dia, e o dia depois da noite.

E sem medo, 

Chora com o coração mas sorri com a alma,

A vida é mesmo assim


______________


Texto: Sofia Murta Alves - www.facebook.com/sofia.murtaalves

Fotografia: Hervé Hette - www.facebook.com/hervehettephotographer

229 vues2 commentaires

© 2020 by Poesia Revelada - Philippe Despeysses - Hervé Hette